Imagem capa - Só existo contigo por Alan Vieira
História das nossas vidas

Só existo contigo

A história que você vai conhecer hoje é uma verdadeira celebração ao amor e a tudo de mais puro que se pode sentir.


Construir um relacionamento sólido ao lado de alguém não é algo que acontece da noite para o dia e também não é para qualquer um: é preciso que as duas pessoas estejam no mesmo feeling e realmente dispostas a se entregarem e viverem isso por inteiro. Mas talvez o ponto mais importante a se comentar é o fato de que o casal deve ser muito forte e corajoso, em algumas situações, para enfrentar o mundo e lutar pelo seu amor. Apesar de vivermos um momento de maior aceitação às diferenças, o amor ainda é algo que assusta quem não está pronto para reconhecer toda a sua grandeza e justamente por isso eu sinto que tenho uma missão muito especial em mãos, que é a de mostrar de uma maneira muito sutil como esse mesmo amor, que causa tanto medo em alguns, também pode ser a coisa mais incrível e bonita que alguém pode sentir.




A Marjorie e a Julia se conheceram através de amigos em comum e se viram pela primeira vez em um jantar na casa de uma amiga. Apesar de não estarem disponíveis para viverem algo juntas na época, as duas contam que naquela noite já foram tomadas por algo muito bom. E foi assim em todas as suas conversas dali para frente, parecendo inclusive que já se conheciam há muito tempo. Sabe quando você sente como se suas almas já conversassem há anos, tamanha a conexão?


Como comentei, é preciso muita coragem para amar outra pessoa e, mesmo contra o mundo, não desistir daquilo que se sente. E o que eu mais gosto nessa história é que ambas nunca desistiram. Mesmo com tantas barreiras, julgamentos e preconceito, amar uma à outra sempre pareceu a coisa certa a se fazer.




“Por nós e por aquilo que sentíamos que precisávamos ter para sempre. Tem coisas que a gente não pode deixar escapar.”




Bom, nem sempre a vida coloca as coisas no nosso caminho de uma maneira fácil, mas pode ter certeza que isso acontece unicamente para nos fazer crescer. E foi em uma dessas situações difíceis que a Julia e a Marjorie viram o quanto se amavam e queriam ter uma história juntas. Acostumadas a se terem sempre por perto, as duas precisaram conviver com a distância em duas situações: uma quando a Julia foi morar no Rio de Janeiro por seis meses e a outra quando a Marjorie foi para a Alemanha por oito meses.


“No Rio de Janeiro conseguíamos nos ver com mais frequência, mais ou menos uma vez a cada dois meses, porém na Alemanha nos vimos apenas uma vez no meio desses oito meses. Foi difícil para as duas, mas foi uma prova gigante de amor e nos amadureceu muito como casal”, relembram.






Passados esses momentos de saudade e juntas fisicamente de novo, as duas resolveram se presentear com um ensaio em comemoração aos dois anos de namoro. Para isso, viajamos até a Guarda do Embaú, que é um local com um astral mágico e onde ambas sonhavam ir.




"Um dia nossos filhos verão essas fotos e nós teremos muito orgulho em contar o quanto a nossa vida é incrível, que no momento que fizemos esse ensaio estávamos passando juntas para uma nova fase: a vida adulta, que era para ser algo assustador e difícil, mas que foi lindo unicamente por podermos compartilhar e viver isso juntas."










"É importante se dedicar num relacionamento e não desistir facilmente de ficar com alguém, já passamos por muitos momentos de saudade quando estávamos longe uma da outra, mas o amor sempre foi maior e nos fez aguentar firme."




Sobre um pedido de casamento, ele até já aconteceu, só que de brincadeira, enquanto as duas estavam esperando um lanche no fastfood. Apesar disso, é algo que pensam sobre e até se imaginam casando, mas ainda é um futuro distante para elas, já que antes querem morar juntas e viajar bastante: “casar vai ser apenas uma comemoração de tudo que já tivermos construído até lá”, contam.






“Gostamos muito de retratar momentos simples e do cotidiano, mas nunca fizemos um ensaio profissional. E escolhemos a Alan Vieira Photography pelo fato de ter um olhar “não tradicional” para a fotografia, do jeito que costumamos ver nas redes sociais e sites que gostamos de acompanhar. Queremos, no futuro, relembrar como éramos e como estávamos nos sentindo no momento dessas fotos. E achamos que com o olhar sensível do Alan poderíamos demonstrar em imagens o nosso amor na forma mais pura.”




E um momento inesquecível do relacionamento até hoje?


Para a Marjorie está sendo o agora: “tivemos muitos momentos inesquecíveis, como nossas despedidas e reencontros, mas agora estou vivendo algo que nunca pensei que viveria com alguém: a liberdade. Um exemplo: estávamos almoçando com minha família quando o Alan mandou o preview de uma das fotos do nosso ensaio, e tivemos a liberdade de poder mostrar para todos naquela hora, inclusive para minha avó. E ela gostou muito!”


E para a Julia foi a viagem para a Europa: “foi minha primeira viagem internacional e ter dividido isso com a Marjorie depois de meses sem vê-la foi muito intenso, parecia estar num sonho.“





Mesmo com o sol baixando, mais visível era a luz que esse casal incrível emanava. E realizar esse ensaio foi realmente especial por podermos relembrar sempre o quão simples é amar alguém, sem se importar com nenhum outro detalhe além daquele que mais vale: o seu interior.




Não existe nenhuma dúvida de que o amor é a coisa mais linda dessa vida, né?




Por isso eu quero que você nunca esqueça que o seu amor importa e que vale muito a pena lutar para que ele aconteça. Nunca desista de quem você é, de quem você ama e daquilo que você mais acredita. Porque eu acredito nisso tudo junto contigo! E quem sabe a próxima história aqui do blog é a sua, né?


Um abraço!