Imagem capa - Já era amor antes mesmo de ser por Alan Vieira
Alan Vieira Casamentos

Já era amor antes mesmo de ser

Algumas histórias nascem de onde você menos espera. E trazem a certeza de que o amor sempre esteve presente, antes mesmo de ser.



A Karine e o Bryan se conheceram bem novinhos, por volta dos sete anos de idade, na igreja onde frequentam desde então. E, por crescerem juntos, em meio a muitas brincadeiras, risadas e até mesmo brigas, se tornaram melhores amigos.


Foi depois de muito tempo, mais precisamente aos treze anos, que eles perceberam que nutriam um sentimento maior um pelo outro, mas mesmo que quisessem não poderiam ter qualquer relação que não fosse a de amizade, já que seus pais não permitiam um possível namoro. No mesmo ano o Bryan foi morar nos Estados Unidos e os dois se afastaram.




De volta ao Brasil e ainda com o impedimento da família, eles esperaram até os dezessete anos para, enfim, namorarem. Mas parece que o destino preparava outro caminho para a vida da Karine: naquele mesmo ano ela foi para a África, movida por um desejo de fazer algo a mais e encontrar seu propósito. Do outro lado do oceano ela ficou por sete meses ajudando nas missões, trabalhando com crianças órfãs e com necessidades muito diferentes daquelas que ela sequer poderia imaginar.





Ficar longe da pessoa que você mais quer estar perto é uma tarefa difícil, mas te ajuda a crescer e ver que sua vontade é de realmente ficar junto. E foi assim que os dois viram o quanto se amam e se completam. Tanto que o Bryan, após a volta da Karine, também se interessou pelo programa que ela fez na África, mas eles perceberam que não queriam passar mais tanto tempo longe um do outro, então decidiram se casar e ir viver a Missão juntos.






De alguma forma sempre houve uma situação para nos separar por um certo período de tempo, mas desde os 13 anos até hoje com 21 o que sentimos sempre foi o mesmo.”




“A festa de casamento não era prioridade porque precisávamos do dinheiro para viajar, mas amigos e familiares nos convenceram e também nos ajudaram muito. E agora estamos confiando em Deus para cada passo daqui em diante.”






A Karine me contou que foi pedida em casamento apenas dois meses antes da cerimônia, que já estava com data marcada e quase tudo encaminhado, acredita? Foi assim: o casal ganhou de presente um ensaio de uma amiga fotógrafa e, no final do dia, quase terminando as fotos, o Bryan comentou sobre um restaurante que a mãe dele tinha indicado para usarem de cenário nas fotos. Eles foram então para esse local e, ao chegar lá e ver que o restaurante não tinha nada demais, muito menos uma luz boa para fotografarem, ela até chegou a desconfiar do que seu amado estava planejando, mas não se preocupou e deixou as coisas irem rolando (mesmo que com uma pulguinha atrás da orelha). 




Foi quando eles subiram para o segundo andar e a Karine viu que não havia mais ninguém ali, apenas uma mesa preparada para o casal, que ela se deu conta que aquele era mesmo o dia. O Bryan pensou em tudo e até reservou o local só para os dois!


O pedido de casamento aconteceu depois do jantar, no jardim do restaurante. A Karine foi ao banheiro e quando saiu se deparou com o Bryan lá fora, sentado com um violão em mãos.






“Ali meu olho se encheu de lágrimas, fui até ele, sentei ao seu lado e ele começou a tocar e cantar a música "Caneta e Papel" dos Arrais, essa música descreve muita coisa em nossas vidas. Quando terminou, soltou o violão, tirou a caixinha do seu bolso, se ajoelhou e fez a pergunta que mudou nossas vidas.”




O momento mais inesquecível do casamento?


“Entrar e ver ele esperando por mim, todo lindo e com os olhos cheio de lágrimas” – conta a Karine.


“Já para mim, foi ver ela entrar tão linda e de branco, como nunca imaginei a ver um dia, vindo em minha direção para ser só minha para sempre”  palavras do noivo!











A cerimônia aconteceu ao ar livre, em um final de tarde incrível no Espaço Susser Schuppen, em Timbó, SC. E foi um momento de muita emoção, fé e a verdadeira realização de um sonho de vida.









 “Mas a calmaria virá, com águas tranquilas em mãos, na luz que dá nome à manhã. Mais perto estaremos do lar.”








Ai, coraçãozinho não aguenta tanta coisa linda assim. Que dia especial! Para a preparação do casamento, aliás, os noivos dividiram a tarefa. O Bryan ficou responsável pelo destino da lua de mel, já que queria fazer uma surpresa para a Karine, preparou a escolha das músicas da banda, por ser músico também, e cuidou das finanças. E a noiva ficou com a escolha dos fornecedores e todo o demais detalhes. A decisão de se casarem no campo e, mais precisamente, nesse local, foi devido à vontade de ambos em celebrarem esse dia em um lugar aconchegante e com a beleza da natureza em volta.






“Mesmo que você possa gastar, é muito mais gratificante e prazeroso chamar as pessoas que você mais ama para estarem por perto e te ajudarem a preparar tudo, ou até mesmo te darem ideias. E isso tornou tudo mais íntimo em cada detalhe. Tenho uma memória muito boa de momentos que nunca serão esquecidos da preparação do nosso casamento.”




“Nós escolhemos a Alan Vieira Photography devido ao estilo de foto que só encontrávamos em fotógrafos gringos. E tanto ele quanto os demais profissionais não pareciam apenas fornecedores, sentimos como se fossem amigos comemorando junto com a gente.”





“Não se prenda em uma caixa, se limitando a fazer exatamente tudo o que havia planejado. Muita coisa vai sair diferente de como você imaginou e muitas outras serão ainda melhores, então só deixe acontecer e aproveite cada momento!”  dica da noiva!




Como foi especial conhecer esse casal e ter total liberdade para retratar seu casamento de uma maneira tão sincera e única. Sou muito grato, Karine e Bryan! Vocês foram incríveis! Aliás, para que tudo acontecesse da melhor maneira, toda a equipe estava em sintonia e vivendo com verdade e entrega.


Ah, e lembra que eu contei que eles decidiram se casar para poderem ir juntos viver as missões? Agora o casal lançou também um blog contando sobre o projeto que estão fazendo nesses dois primeiros meses em San Francisco, você clicar aqui para conferir! Nos próximos três meses a Karine e o Bryan irão para a China dar continuidade. 


O projeto reúne vários skatistas de todas as partes do mundo, que encontram entre si dois amores em comum: o skate e Jesus, e vão para lugares diferentes do mundo para amar as pessoas e levar o bem através da cultura do skate. Para acompanhar cada detalhe e também saber mais, não deixe de acessar tanto o blog quanto o canal no Youtube deles!


Bom, viver algo assim com pessoas tão abençoadas não poderia ter um resultado melhor, né? Com toda certeza, tanto eu quanto todos que estavam presentes guardamos lembranças muito lindas desse casamento. Felicidade e gratidão por mais essa história! E eu quero contar a sua também, ok? Não deixe de me escrever!


FICHA TÉCNICA DO CASAMENTO

Fotografia: Alan Vieira

Segundo fotógrafo: Israel Liz

Vídeo: JOY Filmes

Cerimonial: Juliana Borba

Local da cerimônia: Espaço Susser Schuppen

Maquiagem da noiva: Carolina Souza

Cabelo da noiva: Maike Hendril

Fornecedor do buquê: Marisete Rodrigues de Freitas