Imagem capa - Corações ao mar por Alan Vieira
História de amor

Corações ao mar

Não restam dúvidas sobre o quanto a internet vem fazendo parte da vida de muitos casais. Alguns se conheceram ainda no Orkut e trocaram mensagens por horas e horas no MSN, outros já são da fase pós Facebook e hoje usam o Whatsapp para se falarem a qualquer momento do dia, mas o fato é que todos carregam em comum esse empurrãozinho da tecnologia.



A história que você vai conhecer hoje também tem uma ligação importante com as redes sociais e surgiu depois de uma situação bem curiosa. A Alexandra e o Airton começaram a se falar depois que ele, digamos, deu uma leeeve stalkeada no Instagram dela e curtiu de cara 10 fotos antigas. Sabe aquelas fotos que ficam bem pro final da sua rede social e que a pessoa precisa realmente gastar um tempinho no seu perfil pra ver?



Bom, a Ale já tinha uma quedinha pelo Airton (e até chegou a comentar para uma amiga, algum tempo atrás, que um dia iria beijá-lo), então ela logo retribuiu os likes. E isso foi o bastante para que eles perdessem a vergonha um do outro e foi a partir daí que começaram a se falar: nossas conversas iam até a madrugada, praticamente todo dia, e fomos criando um carinho muito grande um pelo outro. Quando conversava com ele, era como se já nos conhecêssemos de outras vidas”, relembra ela.





"Se está demorando é porque valerá a pena."


Essa é, para os dois, uma frase que marcou bastante o início do seu relacionamento. Mesmo se falando todo dia e durante horas e horas, o casal levou um tempo para conseguir se ver pela primeira vez: “nunca dava pra gente se ver, sempre que marcávamos acontecia algum imprevisto. Mas quando tudo se encaixou e finalmente tive a oportunidade de encontrá-la, depois de um mês de mensagens... Nunca me senti tão nervoso, meu coração queria sair de mim”, conta ele, que completa: “eu planejei tudo, até os mínimos detalhes, para dar tudo certo dessa vez. E quando a vi vindo a meu encontro logo pensei: ‘que coisa mais linda’. E nisso eu já estava quase enfartando. No final não foi nada como o planejado, foi além, foi perfeito, a conexão foi absurda, quando a beijei pela primeira vez não teve sentimento mais sincero e puro na minha vida, lembro desse beijo como se fosse ontem”.



A Alexandra se lembra desse dia com a mesma emoção: “nos vimos pela primeira vez no dia 22/09/2015, uma tarde ensolarada, e eu estava muito ansiosa, passei a manha toda pensando no encontro. Até que chegou a hora, nunca senti meu coração tão acelerado, minhas mãos suavam, estava muito nervosa. Quando abri a porta do carro e vi aquele sorriso lindo pra mim, eu tive a certeza de que ele era A MINHA PESSOA. Não sei explicar, mas a nossa conexão foi extremamente forte”.






Desde o dia 22 de setembro de 2015 eu sou completamente apaixonado por uma menina que tem olhos castanhos claros, um cabelo loiro magnífico e um beijo que me encanta e me acalma. Ela é o amor da minha vida.”



“Ainda consigo sentir a mesma emoção que senti a primeira vez que nos beijamos, cada vez que fecho os olhos e penso nisso. Foi um momento mágico. Nossas bocas se encostaram e eu esqueci de tudo ao meu redor. O tempo foi passando, e só foi confirmando o que eu já sabia: era aquele beijo que eu queria para o resto da minha vida. Meu sentimento por ele foi crescendo dia após dia, fui ficando dependente do beijo, do cheiro, do abraço. Quando me dei conta, já estava perdidamente apaixonada por aqueles olhinhos verdes.“







"Todos os nossos momentos juntos são inesquecíveis. Fica até difícil falar qual é o mais. Mas ainda assim, a primeira vez juntos foi o momento mais marcante para nossas vidas. Porque foi o início de toda nossa história de amor. Foi tudo tão maravilhoso e parecia que já nos conhecíamos há anos, a conexão foi de primeira. Aquela famosa frase: o santo bateu."



Algo muito legal sobre os dois é a sua relação com as fotos. No ano passado, nessa mesma época do ano, a Ale e o Airton se presentearam com um ensaio da Alan Vieira Photography para comemorarem seu primeiro ano de namoro. E hoje, com dois anos de história juntos e um amor que só aumenta, me chamarem para uma nova sessão de fotos é algo bem gratificante. Tomara que vire tradição e ano que vem a gente se encontre novamente, hein? ❤


Para as fotos, dessa vez, um único pedido: que fossem simples e lindas. Todo o resto os dois me deixaram totalmente livre para sugerir e criar, o que foi muito legal pois conseguimos superar qualquer expectativa e ainda fazer uma sessão cheia de verdade e entrega. Um pedido de casamento oficial ainda não rolou, mas eles me contaram que imaginam diariamente como seria!




"O Alan é aquele fotógrafo que consegue transpor o amor nas fotos, admiramos a simplicidade e como ele realiza seu trabalho de uma forma tão amorosa. Nos sentimos muito à vontade durante o ensaio, até porque desde a primeira vez que fotografamos com ele, já houve a simpatia e conexão necessária para acontecer fotos incríveis. Se tiverem a chance, façam um ensaio. Sejam apenas vocês mesmos durante as fotos e o resultado será puro e magnífico."




SOS! Que casalzão é esse, Brasil???? Como é importante e especial acompanhar de perto um amor assim, tão puro e intenso. E saber que confiam em mim, ano após ano, para retratarem o que sentem... ah, como é gratificante!


Esse ano a Alan Vieira Photography comemorou cinco anos de existência. São cinco anos acreditando no amor, na vida, na simplicidade... e não poderia existir presente melhor do que ter tantos clientes especiais e incríveis como cada um desses casais que passam por aqui e deixam nessas fotos um pouquinho de tudo o que sentem. Sou e sempre serei um fotógrafo e um ser muito GRATO. Muito muito obrigado!


E eu quero contar a sua história aqui também, ok? Não deixe de me escrever!